Canadá é o segundo melhor país do mundo…..de novo

 

 

Todos os anos, a US News divulga seu ranking a respeito de uma pergunta simples, mas com muitas variáveis: Qual é o melhor país do mundo?

A pergunta pode parecer difícil de responder no presente contexto de violência, divisão e incerteza sobre o futuro.

No entanto, este estudo afirma ter a resposta: A Suíça é o melhor país do mundo. Mas a boa notícia é que o Canadá ficou em segundo lugar.

A análise dos dados foi realizada entre a  US News com a  Y&R BAV Consulting  e a Wharton School. Para chegar a estes resultados, foram realizadas  diversas perguntas a  um grupo de pessoas ao redor do mundo, incluindo “líderes de negócios, elites e cidadãos comuns”.

Os resultados são uma média dos resultados, por sua vez em diferentes categorias, como o país mais poderoso, o melhor país para estudar ou onde investir, e indicadores sobre educação e bem-estar possível para o momento da aposentadoria.

 

O Top 10 dos melhores países do mundo ficou assim:

 

Suíça

Canadá

Reino Unido

Alemanha

Japão

Suécia

Estados Unidos

Austrália

França

Noruega

 

No caso do Canadá, o país manteve a mesma posição obtida em 2016 (confira aqui) , enquanto a Alemanha perdeu o primeiro lugar, obtido há um ano. Os Estados Unidos, por sua vez, caiu três posições (Os autores esclarecem que as pesquisas foram realizadas após a eleição presidencial dos EUA).

 

O que se diz sobre o Canadá

 

 

 

Os autores observam o grande e diversificado território canadense e uma população pequena, mas que tem sido muito produtivo ao longo da história.

Como é habitual, a tónica é também colocada na diversidade do país e sua visão de abertura em relação aos imigrantes, que foi reforçada em políticas como o multiculturalismo.

 

O Canadá obteve os seguintes resultados em cada uma das categorias. Confira o ranking:

 

19 Em “Adventure”, que vão desde a “diversão”, “amigável” e quão “sexy” é o país  aja visto o seu clima

 4 em “Cidadania”, que enfatiza o respeito aos direitos, um país progressista, igualdade de gênero, a liberdade religiosa e respeito ao meio ambiente, entre outros fatores.

11 Em “Influência Cultural”, que como o próprio nome destaca, mede o prestígio, a moda ou o quão importante a sua cultura em todo o mundo.

7  “Empreendedorismo”, que destaca as facilidades oferecidas pelo país para iniciar um negócio, desde a educação, qualidade de acabamento e as políticas do país nesta área.

41  “Patrimonio”, que destaca o acesso à cultura, o número de atrações culturais e até mesmo a riqueza da sua história (um ponto em que o país teve uma nota baixa).

38 em “Movers”, que destaca os atributos do país para sustentar o crescimento económico e social, apesar de fatores de risco impostos pelo contexto global.

7   “Open for Business”, que mede a partir de corrupção, burocracia e até mesmo políticas fiscais para as empresas.

12  no “Power”, que destaca sua capacidade militar, suas alianças internacionais e sua influência econômica e política global.

1  “Qualidade de Vida”, como o próprio nome diz ele destaca a estabilidade, o custo de vida, o estado do mercado de trabalho, educação e até mesmo segurança pessoal.

 

 

 

 

O estudo também constata que o Canadá ficou em primeiro lugar no ranking de educação, destacando a qualidade dos centros de estudo, que permanece apesar de não ter um sistema centralizado.  (Cada província gere o seu sistema de ensino).

 

 

Para saber mais sobre o estudo, basta acessar a página oficial aquí.

 

Quer imigrar para o segundo melhor país do mundo?

A MJ Consultoria te auxilia em todas as etapas do seu processo de estudos e imigração. Fale conosco:  contato@mjconsultoria.com.br