Canadá lança programa piloto para atrair imigrantes para zona rural do país

O governo do Canadá anunciou um novo programa de imigração que busca lidar com dois problemas que o país enfrenta atualmente: a falta de mão-de-obra e a necessária descentralização das grandes cidades.

Para isso, o ministro da Imigração, Ahmed Hussen , apresentou os detalhes de um novo plano piloto para atrair novos imigrantes para essas regiões distantes da cidade.

No total, haverá 11 regiões que participarão desta primeira etapa do projeto, principalmente no norte de Ontário.

As regiões participantes terão a responsabilidade de fazer uma pré-seleção de candidatos que se adaptem às suas necessidades. Isso se destina principalmente a trabalhadores qualificados que receberão uma oferta de emprego como requisito necessário para apresentar sua candidatura.

Embora o governo não diga que esses casos receberão tratamento especial, esse pode ser o caso na prática. O ministro Hussen disse que os primeiros candidatos poderão ser selecionados no próximo outono e poderão ser instalados em suas novas casas até 2020 .

O Ministério da Imigração do Canadá afirma que as regiões participantes terão várias responsabilidades, não só quando essas pessoas forem selecionadas, mas também para integrá-las quando chegarem ao país. Os novos imigrantes terão reuniões com os líderes municipais, bem como com moradores que vivem há bastante tempo nessas regiões.

Os potenciais imigrantes também terão que demonstrar suas claras intenções de se estabelecer nessas regiões do país, longe das grandes cidades , embora nenhum detalhe tenha sido dado sobre como isso será aplicado na prática.

As regiões escolhidas nesta primeira etapa do projeto são:

  • Thunder Bay, Ontário
  • Sault-Ste-Marie, Ontário
  • Sudbury, Ontário
  • Timmins, Ontário
  • North Bay, Ontário
  • Gretna-Rhineland-Altona-Plum Coulee, Manitoba
  • Brandon, Manitoba
  • Moose Jaw, Saskatchewan
  • Claresholm, Alberta
  • West Kootenay, Colúmbia Britânica
  • Vernon, Colúmbia Britânica

“A fórmula é muito simples. Atrair e reter os imigrantes com as qualificações necessárias equivale a uma receita bem-sucedida para as comunidades rurais e do norte do Canadá “, disse o ministro Hussen.

O governo federal ainda não disse quantas pessoas serão aceitas ou por quanto tempo esse programa piloto durará. Em comunicado, o ministério explica que os detalhes serão dados nas próximas semanas, para ter tudo pronto para receber pedidos no outono de 2019.

Para saber mais sobre este programa, você pode conferir no site oficial aqui .

A MJ Consultoria pode te auxiliar em todas as etapas do seu processo de visto de estudos, trabalho ou imigração para o Canadá e Estados Unidos. Fale conosco: contato@mjconsultoria.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *